Notícias


Ubs Vila Udeal 1
21/02/2024

SINSERPU-JF presta solidariedade a servidora agredida na UBS de Vila Ideal

O SINSERPU-JF prestou total solidariedade à enfermeira Amanda Araujo, agredida verbalmente e ameaçada fisicamente por uma paciente na UBS da Vila Ideal, nesta terça-feira (20 de fevereiro). “Eu estava atendendo a duas urgências  (uma gestante com suspeita de dengue e uma paciente com pressão alta), quando ouvi vozes em tom bastante alto”, contou Adriana aos diretores do Sindicato Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva (presidente), Ivan Catarina e Rozivaldo Gervásio. A cidadã estava bastante alterada, quebrou cadeiras, jogou a impressora no chão e bateu com objetos nas janelas de vidro. “Ela precisava renovar uma receita, o que só é feito mediante consulta, e ela só não foi atendida no tempo certo porque não estava no local quando chamada. Só que a paciente tentou me agredir, além das ofensas verbais”, completou Amanda, formada em 2006 e com quase cinco anos de Prefeitura. “E não foi a primeira vez que passo por algo dessa natureza, aconteceu também quando eu trabalhava no bairro Jóquei Clube”, desabafou. “É muito preocupante a escala frequente de violência no mundo e nas cidades. Fica registrado aqui nossa preocupação com a segurança de nossos servidores, com o funcionamento das unidades à noite e aos sábados. Tememos que essa situação vire rotina, mas podemos garantir que estamos preparados para enfrentar essa realidade, com muita coragem e sempre junto com os servidores”, afirmou Francisco Carlos. “Além da segurança, o servidor merece respeito, valorização e dignidade”, completou o presidente do SINSERPU-JF.

A agressão a servidora acontece em um momento que a segurança nas UBS está sendo questionada, e o tema, inclusive, foi bastante citado no ato de segunda-feira (19 de fevereiro), contra a alteração de jornada nas UBS. “A Prefeitura não tem condições de dar segurança aos servidores em horário considerado normal. Imagina no horário estendido, pretendido pela Administração Municipal?”, questiona Rozivaldo Gervásio, profissional da área. “Infelizmente a tensão vai aumentar aos sábados, pois com certeza não teremos a estrutura necessária (recepção, limpeza e segurança) para o bom atendimento”, concordou Amanda Araujo.

Na visita que fizeram a UBS, nesta quarta-feira (21 de fevereiro), os diretores do SINSERPU-JF constataram outros problemas, como, por exemplos, a total falta de iluminação no exterior da unidade (que aumenta a sensação de insegurança) e o mato alto na entrada da UBS – fotos 6 e 7. “Isso prova que a Prefeitura não está preparada para estender o horário, que o assunto carece de mais discussões”, constatou Rozivaldo Gervásio.

 

 


Outras notícias

18/04/2024
Posse da nova diretoria do SINSERPU-JF  

A nova diretoria do SINSERPU-JF, eleita no início do mês, foi empossada oficialmente, com as assinaturas [...]

17/04/2024
Diretores do SINSERPU-JF tomam posse no Conselho Municipal de Saúde

Os diretores do SINSERPU-JF Anderson Luiz Gonçalves “Andinho” (titular) e Luciano Ferreira da Cruz (suplente) tomaram [...]

16/04/2024
SINSERPU-JF discute com motoristas desvios de função na PJF

Diretores do SINSERPU-JF se reuniram, na manhã desta terça-feira (16 de abril), com representantes da AMMEP-JF [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!