Notícias


IMG-20211129-WA0000
30/11/2021

Assembleia da Campanha Salarial 2022 on line – Participe e vote pelo site ou facebook

 

Por conta da permanência da pandemia do novo coronavírus, que impõe distanciamento social e impede reuniões presenciais com muitas pessoas, o SINSERPU-JF vai realizar, a exemplo de 2021, a Assembleia da Campanha Salarial 2022 de forma virtual, dando todas as condições necessárias para que os servidores conheçam a pauta, participem e votem.

Para participar, o servidor tem dois caminhos:

• No site do Sindicato sinserpujf.com.br. A pauta de reivindicações estará na matéria fixada no topo da home do site. Para participar basta clicar no link “contato”, informar nome, matrícula e votar: Sim (concordo com a pauta), Não (não concordo com a pauta) ou abstenção (no caso de querer se abster).

• No facebook.com/sinserpu.jf. A pauta de reivindicações estará na matéria fixada no topo da página. Para participar use o espaço de “comentar”, informe nome, matrícula e vote: Sim, Não ou abstenção.

Nos dois casos são permitidos comentários e sugestões

A Assembleia vai da 0h de terça-feira (30 de novembro) às 23h59 de domingo (5 de dezembro). O resultado será divulgado na manhã de segunda-feira (6 de dezembro) – neste dia, caso seja devidamente aprovada pelos servidores, a pauta será protocolada na Prefeitura.

Veja, abaixo, portanto, a Pauta de Reivindicações Geral dos servidores da PJF – e conheça também as pautas específicas do DEMLURB, da EMPAV, da SESMAUR e dos servidores da Saúde, assim com o as demandas das entidades parceiras: AMAOC-PJF, AMETA e AMMEP.

PAUTA DE REINVIDICAÇÕES GERAL DA PJF
1. Garantia da data-base de janeiro de 2022 a janeiro a 2023;
2. Recomposição salarial do período, janeiro 2021 a janeiro 2022, pelo IPCA (índice de Preços ao Consumidor Amplo). Caso não haja prorrogação da Legislação vigente 173, acrescentar ganho real;
3. Extensão do ticket-alimentação para todos;
4. Implantação imediata de medidas que garantam a segurança dos servidores públicos municipais de Juiz de Fora em seus locais de trabalho;
5. Reestruturação administrativa do Plano de Saúde dos Servidores (PAS);
6. Solicitamos uma melhor organização por parte do município e forma que os servidores com mais tempo de serviço e qualificação sejam contemplados em setores com melhor remuneração, para isso sugerimos um cadastro com as solicitações individuais dos trabalhadores de acordo com a função de origem no referido concurso prestado, seguindo o mesmo modelo do Decreto 444/2021;
7. Reiteramos a solicitação de abertura Imediata de Concurso Público para as funções que estão com carência, e continuidade daqueles que ainda estão em andamento evitando assim prejuízo para a categoria e a efetivação dos concursados que laborem suas atividades através de Contrato – que sejam repostas as vacâncias. Que a PJF continue o processo de nomeação do pessoal do concurso público edital nº002/2016 cuja prorrogação através da portaria n º 10.521 de 01 de julho de 2019 respeitando a vacância e os limites permitidos em lei federal.
8. Solicitamos que seja criado um Decreto permitindo que o servidor manifeste o desconto do FPM sob o bruto dos profissionais que foram admitidos a partir de janeiro de 2004;
9. Pagamento em espécie dos vales transporte – criar a modalidade do auxílio transporte;
10. Retorno do pagamento para o último dia útil do mês;
11. Revisão do Plano de Carreiras;
12. Rotatividade das chefias nos setores, tendo como prerrogativa os concursados;
13. Reestruturação do DAMOR para que tenha um atendimento ambulatorial de especialidade ao servidor – como um dia foi;
14. Jornada de 30 horas para as assistentes sociais, adequando à Lei 12.317, de 2010, sem redução salarial;
15. Cobrança da Saúde do Servidor sobre o salário-base e que tenha a opção no Plano de Consulta Ambulatorial
16. Aplicação imediata do artigo 140 da Lei Complementar 115/2020;
17. Face o fim da vigência da Lei Complementar 173/20, em 31/12/2021, pagamento retroativo das progressões que foram congeladas – Revogação da portaria nº4360 sobre congelamento da contagem de tempo de serviço e progressão funcional;

——————————————————————————————-
PAUTA DA SESMAUR
1. Reestruturação no quadro de carreira quanto à classificação de nível da categoria dos fiscais de posturas Municipais I, II e III;
2. Criação do adicional de risco para categoria dos fiscais de posturas tendo em vista, já ter sido realizada análise técnica do DAMOR;
——————————————————————————————
PAUTA DO DEMLURB
1. Que a Administração apresente uma proposta para solucionar a situação dos profissionais que hoje possuem tempo para aposentadoria, mas que por erros de administrações passadas não conseguem a certidão do TCE;
2. Criar Gratificação para o setor do canil valorizando o belo trabalho desempenhado por toda a equipe;
3. Substituir o APAC por APCR no setor de fiscalização do DEMLURB devido ao trabalho elaborado por estes profissionais que precisam manusear lixo na tentativa de identificar os infratores;
4. Solicitamos em caráter de urgência uma melhor estruturação no setor da garagem de coleta de lixo, situado na Zona Norte;
5. Que a Administração apresente um estudo de forma que os adicionais já pagos hoje no DEMLURB nos setores de coleta, varrição e capina seja incorporado na aposentadoria, uma vez que o projeto de lei atual não atende essa demanda;
6. Extensão do APCR para vigias que trabalham na alimentação do sistema intranet;
7. Promover concurso público conforme exigência do Ministério Público de Minas Gerais.
————————————————————————————
PAUTA DA EMPAV
1. O Sindicato reivindica que a EMPAV diante da reestruturação efetuada pela empresa, realize novos concursos públicos externos para corrigir a distorção entre cargos de chefia, a supervisão, o assessoramento entre os efetivos, e a empresa de se abster a pratica de cargos nos setores operacionais;
2. Devido há vários anos a EMPAV não coloca em pratica e não atualiza o plano de cargos e carreiras, conforme acontece em várias funções, como exemplo: oficial de obras, e técnico de nível superior, possui até o nível III. Solicitamos que o mesmo tratamento no cargo de técnico de nível médio, criando também o nível médio III;
3. Solicitamos que o custeio do plano de saúde servidor dos funcionários da EMPAV seja pela empresa assim como no CESAMA que são do mesmo regime CLT;
4. Implantação do ticket alimentação para quem ganha até 4 salários mínimos de salário base.
——————————————————————————–
PAUTA DA SAÚDE
1. Retorno do pagamento de penosidade (A) nos dias de ponto facultativo, pagamento de todas as horas extras trabalhadas;
2. Estruturação das unidades de urgência e emergência, em especial a Regional Leste, para garantir condições dignas de trabalho e atendimento à população;
3. Solicitamos a criação de uma gratificação para os trabalhadores dos laboratórios, de forma que sejam contemplados com uma melhor valorização;
4. Solicitamos em caráter de urgência o aumento da cota de férias na saúde, diante da dispensa dos contratados e efetivação dos novos concursados, a cota atual é insignificante diante do crescimento dos efetivos na área da saúde.
5. Que a Seleção Competitiva Interna de Auxiliar de Enfermagem II seja automática após período probatório, conforme legislação municipal;
6. Criação de uma comissão de saúde para discussão de demandas pertinentes, com representatividade de todos os seguimentos;
7. Em relação ao LACEN, que os profissionais de enfermagem não manipulem material biológico para exame (funções exclusivas do técnico de laboratório);
8. Contratação de profissional TÉCNICO DE FARMÁCIA, para a dispensação de medicações nas unidades de saúde com supervisão de FARMACÊUTICO GRADUADO;
9. Inserção do FARMACÊUTICO CLÍNICO nas UBS considerando a Resolução n° 585 de 29/08/2013 – CFF (Conselho Federal de Farmácia);
10. Inserção do FARMACÊUTICO no Decreto N° 7267, de 28 de janeiro de 2002, que altera dispositivos do Decreto n° 5773, de 12 de novembro de 1996 legitimando o recebimento do adicional do Programa Saúde da Família (PSF) para estes profissionais da saúde.
11. Fim da dupla jornada do FARMACÊUTICO entre duas UBS o que se contrapõe as Leis n° 5.991/73; n° 13.021 de 08/08/2014.
12. Que seja realizada eleição para a direção de enfermagem nas unidades de urgência e emergência, e de gerência nas unidades primárias e secundárias de saúde,

————————————————————————————–

AMETA
1. Discussão com o CEREST no acolhimento, atendimento e tratamento do servidor público. Criar fluxo de encaminhamento para atendimento do servidor público;
2. Solicitamos que a Administração Municipal proceda à desvinculação do Plano de Cargos e Salários da Saúde do Plano de Cargos e Salários dos servidores em geral.

—————————————————————————————-
AMAOC/PJF (ASSOCIAÇÃO MUNICIPAL DOS AUXILIARES DE SERVIÇOS GERAIS, OPERACIONAIS E COLETORES DE LIXO DA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA E AUTARQUIAS)
1) Garantia de retroatividade da aplicação de índice de reajuste à data base, independente do período de negociação;
2) Instalação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários em todas as Secretarias e Autarquias da PJF;

3) AUXÍLIO CRECHE:
As servidoras efetivas e/ou contratadas com filhos em idade de creche gozarão de: (prioridade, ajuda de custo e/ou convênio) de assistência em função do seu vínculo laboral com o município. (COMLURB 2016)

4) Reconhecimento do Cargo de Auxiliar de Serviços juridicamente, e inclusão do mesmo dentro do critério de Níveis (I, II, III, IV, V);
5) Inclusão do Cargo de Auxiliar de Serviços nos Processos Seletivos Internos da PJF;
6) Extensão do cartão de Alimentação até a última letra para toda a categoria dos Auxiliares de Serviços das Secretarias da PJF.
7) Propor o estudo para ampliação das letras para os Auxiliares de Serviços (03 letras – K, L, M).
8) Extensão do benefício da APCR a todos os servidores do DEMLURB.
9) Gratificação para o setor de Vigilância do DEMLURB.
10) Gratificação para os servidores da Secretaria de Obras/PJF.
11) Garantia de fornecimento regular de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual), uniformes, e ferramentas para todos os servidores da PJF.
12) Realização de Concurso Público para as carreiras da PJF.
———————————————————————————————–
AMMEP (Associação Municipal dos Motoristas Efetivos da Prefeitura de Juiz de Fora)
1) Abertura de processo seletivo para Motoristas de veículos pesado nível II e Motoristas de veículos leve nível II.
2) Criação do Nível III nos Planos de Carreira de Motoristas de veículos Leve e Pesado, valorizando a qualificação e o desempenho dos servidores.
3) Aumento do Teto Máximo para recebimento do Ticket Alimentação, pois para os Motoristas de veículos pesado por exemplo, quando se tem a primeira progressão horizontal passando para a faixa B, têm um aumento de + ou – $190 reais e uma perda de $300 do Ticket alimentação. Desta forma um prejuízo no salário de mais de $100 reais.
……………………………….
Associação dos Guardas Municipais

1) Aprovação do novo Plano de Carreira para a categoria;
2) Oferecimento da formação de Tecnólogo em Segurança Pública;
3) Pagamento de um auxílio-transporte em pecúnia.


Outras notícias

27/06/2022
Nota de pesar

O SINSERPU-JF se associa às manifestações de pesar de toda a cidade pelo falecimento de Raymundo [...]

24/06/2022
Diretoria do SINSERPU-JF aprova modernização no sistema de convênio

Reunida na manhã/tarde desta sexta-feira (24 de junho), a Diretoria do SINSERPU-JF aprovou a modernização no [...]

23/06/2022
SINSERPU-JF prestigia eventos em torno do legendário sindicalista Clodesmidt Riani

O SINSERPU-JF, através do presidente Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva e do vice-presidente Cosme Nogueira, prestigiou, [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!