Notícias


empav 6.10. 1
06/10/2020

SINSERPU-JF discute na EMPAV PDV e Plano de Cargos e Salários

Em reunião, na manhã desta terça-feira (6 de outubro), diretores do SINSERPU-JF discutiram com a direção da EMPAV diversos assuntos de interesse da categoria, entre eles o PDV (Plano de Demissão Voluntária) e um novo Plano de Cargos e Salários (PCS). No primeiro caso, de posse do documento que cria regras para as demissões,  constatou-se um primeiro problema a ser sanado: “Os desligamentos só podem ser feitos via acordo coletivo, com a chancela do Sindicato, e não pelo regulamento da empresa, como consta no texto”, pontuou a assessora jurídica do SINSERPU-JF, Elisângela Márcia do Nascimento, que vai elaborar um parecer sobre o documento. Quanto ao PCS ficou definido que será formada uma comissão, membros do Sindicato e da EMPAV, para estudar o processo.

No encontro foi tratada também a polêmica licitação pela qual a EMPAV pretende contratar 16 vigilantes desarmados (oito para o período diurno e oito para o noturno) ao custo anual de R$ 1.019.942,40. A justificativa da Empresa de Pavimentação é que “não pode mais desviar funcionários para a função”, porém, a sugestão do SINSERPU-JF, explicada por Elisângela Nascimento, é “criar o cargo de vigia, preenchido por funcionários da EMPAV, com o devida complementação salarial, até que se crie um concurso para tal finalidade”. Para os diretores do Sindicato não faz sentido algum a EMPAV, que enfrenta dificuldades financeiras, gastar essa verba com vigilância. “É muito incoerente falar em Plano de Cargos e Salários que reestruture a empresa e ao mesmo tempo terceirizar serviços”, argumentou o vice-presidente do SINSERPU-JF, Cosme Nogueira.

Por fim, o presidente do SINSERPU-JF, Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva, criticou a  direção da EMPAV pela não aceitação de alguns laudos médicos de trabalhadores em grupo de risco da COVID-19 (acima dos 60 anos de idade, por exemplo). O diretor-presidente da Empresa, José Walter de Andrade Ávila Júnior, prometeu encaminhar os casos para a Medicina de Trabalho.

Além de Elisângela Nascimento, Cosme Nogueira, Francisco Carlos e José Walter participaram da reunião, pelo SINSERPU-JF, os diretores financeiros Vanilson Gomes de Oliveira e Antônio Carlos de Sant’Ana, o diretor de Relação Institucional Agnaldo Jaílson de Almeida e do diretor de Base Jorge Gomes – o assessor jurídico da EMPAV, Sérgio de Abreu Ferreira, completou a mesa.

empav 6.10. 2

empav 6.10. 3


Outras notícias

30/07/2021
SINSERPU-JF consegue apoio de vereadora contra a transformação do DEMLURB em CELURB

O SINSERPU-JF conseguiu o apoio da vereadora de Juiz de Fora Cida Oliveira (PT) contra a [...]

30/07/2021
SINSERPU-JF consegue alteração na Lei e estende pagamento de benefícios para servidores do DEMLURB

Depois de muita luta, o SINSERPU-JF conseguiu uma alteração na Lei Complementar número 15, de junho [...]

30/07/2021
SINSERPU-JF integra caravana da FESERP-MG para manifestações em Brasília

O SINSERPU-JF integra a caravana organizada pela FESERP-MG (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais de [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!