Notícias


Oriundos Da Amac Na Câmara 10.7.23 1
11/07/2023

SINSERPU-JF vai à Câmara Municipal, pelos direitos dos trabalhadores da Prefeitura oriundos da AMAC

O presidente do SINSERPU-JF, Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva, participou, na tarde desta segunda-feira (10 de julho), de uma reunião na Câmara Municipal para tratar, mais uma vez, dos direitos dos trabalhadores da Prefeitura oriundos da AMAC, após a assinatura do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). O encontro, convocado pelo vereador João Wagner Antoniol (PSC), contou com a presença dos também vereadores Bejani Júnior (Podemos), Cida Oliveira (PT) e Laiz Perrut (PT), de representantes dos trabalhadores, da Prefeitura e da assessora jurídica do Sindicato, Elisangela Márcia do Nascimento, que divulgou oficialmente a Ata do encontro ocorrido recentemente no Ministério Público Estadual, no qual o SINSERPU-JF reivindicou a criação de um Plano de Cargos, Carreiras e Salários para esses servidores. Nesta ocasião, o Ministério Público não criou obstáculo para essa medida e, de acordo com o vereador João Wagner, o próximo passo é o agendamento de reuniões com a secretaria municipal de Recursos Humanos e com a PGM (Procuradoria Geral do Município) para agilizar o envio ao Legislativo de um projeto de lei, do Executivo, criando esse Plano.

“A Ata ratifica o que sempre defendemos: que o TAC nunca vedou a criação de um Plano de Carreira. Na época foi uma questão de vontade política, de um gestor que preferiu não conceder outros direitos. Agora, superado esse obstáculo, podemos caminhar para construir um Plano que os trabalhadores tanto almejam, para tentar mitigar essa diferença salarial verificada ao longo dos anos”, explicou Elisângela Nascimento.

Os 165 funcionários da Prefeitura oriundos da AMAC estão sendo sistematicamente apoiados pelo SINSERPU-JF. No ano passado, a partir de maio, uma iniciativa do Sindicato de reunir os trabalhadores em uma Assembleia (onde foi criada uma Comissão para tratar das reivindicações) produziu, em um curto espaço de tempo, um projeto de Lei com as principais demandas (isonomia salarial e concessão de triênios, entre elas). Em abril deste ano, o SINSERPU-JF, conjuntamente com a comissão de trabalhadores e alguns vereadores, se reuniu com a prefeita Margarida Salomão (PT), quando a Chefe do Executivo se comprometeu a atender as demandas dos trabalhadores, “desde que tenham o aval do Ministério Público de Minas Gerais e do Ministério Público do Trabalho”.

“Com esse histórico, podemos garantir que continuaremos a usar todas as ferramentas necessárias para que os direitos dos trabalhadores sejam efetivados”, disse, nesta segunda-feira, Francisco Carlos, que saudou ainda a união de todos em torno do assunto, “de forma ampla e democrática”, com o envolvimento de Executivo, Legislativo e Sindicato. “Com certeza isso está sendo decisivo na consolidação da conquista. E esse plano tem que vir acompanhado de todo os benefícios, para pelo menos amenizar todo um período de defasagem”, completou o presidente do SINSERPU-JF.


Outras notícias

22/02/2024
Funcionários da PJF oriundos da AMAC: SINSERPU-JF e Administração Municipal vão ao Ministério Público

Após nova reunião, na manhã desta quinta-feira (22 de fevereiro), permanece o impasse entre a Administração [...]

22/02/2024
Novas cenas de desrespeito a servidores da UBS de Vila Ideal

Aconteceu de novo. Depois das graves agressões verbais e ameaças físicas a enfermeira Amanda Araújo na [...]

22/02/2024
Três chapas disputam as eleições no SINSERPU-JF  

Terminado o prazo, nesta terça-feira (20 de fevereiro), três chapas estão inscritas para as eleições no [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!