Notícias


IMG-20220604-WA0000
04/06/2022

Formada uma “super comissão” para tratar dos direitos dos funcionários da Prefeitura oriundos da AMAC

Reunidos em Assembleia convocada pelo SINSERPU-JF, na noite de quarta-feira (primeiro de junho), os funcionários da Prefeitura oriundos da AMAC após a assinatura do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) definiram pela formação de uma “super comissão” para tratar de suas reivindicações – entre elas a isonomia salarial e a concessão do triênio. Dessa robusta comissão participarão integrantes do SINSERPU-JF e nove representantes dos trabalhadores: Roberto Belfort, Ana Maria Bonifácio, Aparecida Eliane, Marcos Falci, Lidiane Fortunato, Sonia Regina, Carlos Visionar, Iraci Floriano e Lucimar Cândido de Souza. Eles juntarão esforços com uma comissão similar da Câmara Municipal, formada pelos vereadores João Wagner Antoniol (presente na Assembleia), Bejani Júnior, Laís Perrut, Cida Oliveira e Sargento Melo Casal.

De acordo com a assessora jurídica do SINSERPU-JF, Elisângela Nascimento, é possível conquistar o triênio desde o ingresso nos quadros da AMAC (e não só apenas a partir da transferência para a Prefeitura) e um Plano de Carreira próprio, com progressão vertical mediante concurso – para atenuar a defasagem salarial. Porém, na avaliação dela, nos dois casos “depende da vontade política da Administração Municipal”.

São 165 os trabalhadores nessa situação – 13 deles foram beneficiados recentemente, após uma ação judicial movida pelo SINSERPU-JF. O sucesso na Justiça desta causa coroou o trabalho do Sindicato em prol dos servidores e a realização da Assembleia dessa quarta-feira (divulgada pelos diretores do SINSERPU em todos os departamentos da Prefeitura) foi consequência direta de uma reunião, no início de maio, entre o Sindicato e a comissão que representa todos os envolvidos.

À época do TAC, novembro de 2019, O SINSERPU-JF fez constar nos documentos oficiais a proposta que esses funcionários, aprovados em concurso público/processo seletivo externo da AMAC, classificados em um “Quadro de Pessoal Suplementar”, em “cargos extintos quando vagar”, teriam direito a triênios (progressão de 10%) e as incorporações feitas de modo judicial.

“Na história do Sindicato estão registrados vários momentos de luta em favor e na defesa da AMAC. Agora vamos construir uma nova caminhada”, lembrou o vice-presidente do SINSERPU-JF, Cosme Nogueira. “O Sindicato sempre esteve e sempre estará de portas abertas para os servidores oriundos do TAC entre AMAC e PJF, e vamos lutar para combater as desigualdades”, garantiu o presidente do Sindicato, Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva.


Outras notícias

24/06/2022
Diretoria do SINSERPU-JF aprova modernização no sistema de convênio

Reunida na manhã/tarde desta sexta-feira (24 de junho), a Diretoria do SINSERPU-JF aprovou a modernização no [...]

23/06/2022
SINSERPU-JF prestigia eventos em torno do legendário sindicalista Clodesmidt Riani

O SINSERPU-JF, através do presidente Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva e do vice-presidente Cosme Nogueira, prestigiou, [...]

23/06/2022
Em Audiência Pública sobre a LDO, SINSERPU-JF reivindica garantia de reajuste salarial em 2023 e reestruturação do Plano de Cargos

Durante participação na Audiência Pública que discutiu a elaboração da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias do [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!