Notícias


Senador
31/08/2021

Piso salarial para enfermagem chega a 1 milhão de apoios

O Projeto de Lei (PL) 2564/20, que prevê um piso salarial para enfermeiros e técnicos e auxiliares de enfermagem da rede pública e privada, além de parteiras, chegou à marca de 1 milhão de apoios no Portal e-Cidadania, do Senado. Até as 8h desta segunda-feira (30 de agosto), 1.000.941 pessoas haviam se manifestado favoráveis ao texto. A expectativa dos senadores é que a proposta possa ser inserida como prioridade na pauta de votações do Plenário.
 
Para a relatora da matéria, senadora Zenaide Maia (Pros-RN), é fundamental o reconhecimento desses profissionais que estão na linha de frente de combate à covid-19, inclusive agilizando o processo de vacinação em todo o país. “Lutamos muito e o nosso desejo era aprovar esse projeto ainda no primeiro semestre, mas não foi possível, pois o PL não foi pautado. Espero sinceramente que na volta dos trabalhos esse projeto seja tratado como prioridade e entre na pauta de votações pela importância do trabalho dos profissionais de enfermagem que estão salvando vidas e arriscando a própria vida no dia a dia na linha de frente do combate ao covid”, disse à Agência Senado.
O autor da proposta, senador Fabiano Contarato (Rede-ES), acredita que o Congresso reúne condições para avançar em um acordo que viabilize a aprovação da matéria ainda este ano. Ele chegou a apresentar em Plenário, antes do recesso parlamentar, requerimento para votação da matéria em regime de urgência. “Vamos entrar num consenso, da melhor forma possível, mas não vamos jogar esse PL 2.564 para as comissões. Vamos dar uma resposta altiva do Senado da República, reconhecendo o valor desses enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiros, que estão pagando com a própria vida para nos socorrerem”, pediu ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, durante sessão Plenária no dia 13 de julho.
 
Segundo Contarato (na foto, com a delegação juiz-forana que participou do Ato pelas demandas da Enfermagem em Brasília, no dia 5 de agosto), o Brasil registra cerca de 2,4 milhões de profissionais atuando nessa área, com salário em torno de R$ 1,4 mil por 40 horas de trabalho por semana. Ele ainda advertiu que, durante a pandemia, 838 enfermeiros perderam a vida em razão da covid-19 e 57 mil foram contaminados pelo vírus.
 
Para o SINSERPU-JF, os profissionais da enfermagem querem ser valorizados e reconhecidos e “aprovar o PL 2564 na íntegra deixa a categoria próxima desse reconhecimento. Não podemos ‘barganhar’ valores inferiores, muito inferiores, pois estaremos ‘rifando’ a enfermagem, diminuindo o trabalho valoroso que sempre foi feito. Queremos piso salarial e jornada de trabalho mas justos, não apenas para constar que existe um patamar”, argumentou a diretora de Saúde do Sindicato, Deise Medeiros.
PL 2564 consulta
 
Fonte: Agência Senado

Outras notícias

19/01/2022
Em defesa do Hospital João Penido, SINSERPU-JF participa de reunião com a prefeita de Juiz de Fora

O diretor Administrativo do SINSERPU-JF Amarildo Romanazzi participou, na manhã desta quarta-feira (19 de janeiro), de [...]

18/01/2022
SINSERPU-JF se reúne com secretária municipal de Assistência Social, em busca de melhorias para os servidores da AMAC

Em reunião, na manhã desta terça-feira (18 de janeiro), diretores do SINSERPU-JF pediram a secretária municipal [...]

14/01/2022
Aprovada incorporação na aposentadoria de servidores do tempo exercido em cargo comissionado

Com o apoio do SINSERPU-JF, a Câmara Municipal de Juiz de Fora aprovou, na sessão da [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!