Notícias


demlurb 2.3.21 1
02/03/2021

SINSERPU-JF consegue restituição dos adicionais retirados dos servidores do DEMLURB

     O SINSERPU-JF conseguiu – através de resistência, articulações e argumentos – a restituição dos APCR (Adicional de Participação em Equipe de Coleta de Resíduos) e do APAC (Adicional de Participação em Equipe de Apoio de Coleta de Resíduos) retirados sem aviso. Os valores serão devolvidos em folha complementar, possivelmente no dia 10 de março, e só a partir daí será discutida com mais abrangência toda a questão. A vitória em favor do trabalhador foi sacramentada em ampla reunião realizada na tarde desta terça-feira (2 de março), no DEMLURB, mas o Sindicato vem tratando do assunto, em contatos com o Poder Legislativo e reuniões com a categoria, desde sexta-feira (26 de fevereiro). “Fez-se justiça. Tinha trabalhador dependendo desse dinheiro que foi tirado para coisas básicas como pagar aluguel e estudos do filho”, comemorou o presidente do SINSERPU-JF, Francisco “Chiquinho” Carlos da Silva.
     Na reunião desta terça-feira, a diretora-geral do DEMLURB, Gisele Teixeira, ao lado do secretário Municipal de Recursos Humanos, Rogério Freitas, apontou uma economia, para a Prefeitura, de R$ 84 mil com a medida e argumentou que, ao retirar os adicionais, a determinação, da prefeita, era “fazer uma revisão da Lei que os concede”, com as devidas adequações. Algo que o SINSERPU-JF também deseja, mas de forma clara: “Também somos pela legalidade, e a adequação da Lei tem que abranger os coletores de lixo, independente de trabalhar ou não com o caminhão compactador”, afirmou o diretor administrativo do Sindicato, Amarildo Romanazzi.
     O vice-presidente do SINSERPU-JF, Cosme Nogueira, que é funcionário de carreira do DEMLURB, lembrou que o sindicato e a categoria ficaram perplexos com a forma com que o adicional foi retirado. “A entidade não foi ouvida, ao contrário da promessa da então candidata a prefeita. A categoria foi surpreendida, foi um verdadeiro ‘tapa na cara’ dos trabalhadores”, avaliou.
     Três vereadores participaram da reunião: Juraci Scheffer (PT), Marlon Siqueira (PP) e Tiago Bonecão (Cidadania) – todos com histórico de ligação com o DEMLURB. Eles prometeram que a Câmara Municipal será um dos fóruns de discussões para que a Lei seja aperfeiçoada e não prejudique mais os trabalhadores.
     Pelo SINSERPU-JF, também participaram da reunião o diretor financeiro Antônio Carlos de Sant’Ana, a diretora de Legislação e Assuntos Jurídicos, Fernanda Carvalho, e o diretor de Base Tarcísio de Oliveira.
Demlurb 2.3.21 2

Outras notícias

22/10/2021
Em Audiência Pública sobre Orçamento, SINSERPU-JF reivindica melhorias para os servidores

Durante sua participação na Audiência Pública desta sexta-feira (22 de outubro), convocada pela Câmara de Vereadores [...]

22/10/2021
Deu na Mídia – Prefeitura prevê recomposição da inflação para servidor municipal

Fonte: Jornal Tribuna de Minas, Juiz de Fora, edição de sexta-feira (22 de outubro)        Em [...]

21/10/2021
Pauta dos profissionais da Odontologia avança, após mediação do SINSERPU-JF e reunião com a Administração Municipal

Após a mediação do SINSERPU-JF, os auxiliares de odontologia da Prefeitura de Juiz de Fora foram [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!