Notícias


20/12/2019

SERVIDORES APROVAM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES EM ASSEMBLEIA

Em assembleia realizada ontem (19/12), servidores e SINSERPU-JF definiram a pauta de reivindicações da data-base de 1º de janeiro de 2020.  Ao todo, são 29 itens relacionados às diversas categorias que compõem a Administração Municipal a serem discutidos em mesa de negociação. Outras demandas específicas, como dos assistentes sociais, dos auxiliares de serviços, dos motoristas e dos guardas municipais, foram também incluídas na lista da Campanha Salarial.

         Quanto ao reajuste dos vencimentos, o acordo deste ano já havia estabelecido que os servidores municipais terão correção salarial pelo IPCA integral a partir de 1º de janeiro próximo. Já o ticket alimentação será corrigido para R$300, a partir de 10 de fevereiro. Ambas as medidas já foram aprovadas pelos vereadores na Câmara.

         Nas negociações deste ano foi definida ainda a correção da tabela salarial dos servidores, que por anos estava desestruturada, com variações irregulares dos índices de reajuste entre uma letra e outra. Agora, todos os níveis terão correção de 10%  nos salários.     

         Os pontos específicos foram aprovados em assembleia. Entre os itens que serão desenvolvidos com a Administração estão:  

  1. abertura imediata de concurso público para as funções que estão com carência, além do prosseguimento dos concursos em andamento;
  2. solução para o impasse jurídico envolvendo profissionais do Demlurb que já possuem tempo para aposentadoria, mas que por erros administrativos do passado não conseguiram a certidão do TCU.
  3. incorporação do adicional de penosidade na Saúde, além do retorno do pagamento de penosidade nos dias de ponto facultativo, pagamento de todas as horas extras trabalhadas e estruturação das unidades de urgência e emergência, para garantir condições dignas de trabalho e atendimento à população;
  4. Gratificação para os trabalhadores no setor do canil;
  5. Gratificação para os trabalhadores de laboratórios;
  6. Equipamento de Proteção Individual e material de trabalho para os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias;
  7. Formação Técnicas para os Agentes de Saúde (ACSs), Curso Técnico, presencial ou semipresencial, durante a jornada de trabalho atendendo a legislação.
  8. Concurso Público para ACS;
  9. Horário corrido no verão com planejamento das atividades dentro das UAPS e/ou PA dentro das 40 horas para Agentes de Endemias;
  10. Concursos públicos na Empav para corrigir a distorção entre cargos de chefia, a supervisão, o assessoramento entre os efetivos, e a empresa de se abster a pratica de cargos nos setores operacionais;
  11. Custeio do plano de saúde servidor seja pela empresa assim como no Cesama que são do mesmo regime CLT.

Estas são apenas algumas das reivindicações. A pauta completa será publicada no site e nas demais redes sociais do SINSERPU-JF após ser protocolada na Prefeitura.

 

 


Outras notícias

20/04/2021
SINSERPU-JF discute com AMAC andamento do TAC – Termo de Ajustamento de Conduta

O andamento do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado, em 2019, entre o SINSERPU-JF e [...]

16/04/2021
SINSERPU-JF ganha ação na Justiça, e Prefeitura terá que proteger trabalhadores do vírus

O SINSERPU-JF ganhou uma ação na Justiça, na qual pedia EPIs (equipamentos de proteção individual) para [...]

15/04/2021
SINSERPU-JF na Campanha “JF Solidária”

A vice-presidente do SINSERPU-JF Francesca Milagre Antônio (foto) já fez a sua parte, doando alimentos na [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!