Notícias


Quilombagens 1a
19/06/2024

Lançamento do Atlas Cultural da Comunidade Quilombo Colônia do Paiol – Memória e ancestralidade negra em territórios de redes

     No dia 15 de junho, o COMPIR (Conselho Municipal Para a Promoção da Igualdade Racial) de Juiz de Fora, nas pessoas das conselheiras Marilda Simeão e Jerusa Paulino, teve a honra de participar deste grandioso evento, organizado na cidade de Bias Fortes (MG), no Ecomusel.
     O objetivo do encontro era apresentar a todos e todas o Atlas da comunidade, que foi contemplado pelo edital Quilombagens, programa cultural Murilo Mendes, realizado pela FUNALFA.
     O evento contou com a presença de várias autoridades e a comunidade trouxe a sua arte e apresentou a sua cultura, como forma de resistência e respeito à luta ancestral. O prefeito de Bias Fortes, Fabrício José da Fonseca Almeida, ressaltou a importância do evento e agradeceu a Deus pelo feito. A secretaria de Educação nos trouxe a contribuição do Atlas da comunidade, para a educação local, dentro da lei 10639/03. Estiveram presentes também o COMPIR da cidade de Barbacena, o diretor da escola municipal de Bias Fortes, professores e professoras da Universidade Federal de Juiz de Fora, que se debruçaram por anos na construção deste documento junto à comunidade, e o NUPRE (Núcleo Permanente para a Relações Étnico-Raciais), da secretaria de Educação de JF.
     A diretora do Centro Social, em sua fala, embargada de emoção, lembrou do saudoso professor da UFJF, Leonardo Carneiro – quem fez esta provocação e que despertou na comunidade a necessidade de referenciar aos que vieram antes e resistiram, para a existência do hoje.
      Foram momentos ricos em reflexão, sobre os quilombos e sua importância da união para o fortalecimento e permanência da raça negra, em todos e qualquer espaço.
      Tudo isto só foi possível, presenciarmos e nos fortalecermos historicamente, graças à sensibilidade do presidente do COMPIR de Juiz de Fora, que se dispôs a pedir ajuda ao SINSERPU-JF (Sindicato dos Servidores Municipais), na pessoa da presidente Deise Medeiros, que generosamente entendeu e nos forneceu não só o transporte, mas também o motorista, Alexandre Pereira, que é servidor do DEMLURB e diretor de Base do SINSERPU-JF, que nos transportou até o Quilombo.
      Agradecemos imensamente a caminhada na luta antirracista.
Texto: Marilda Simeão (do MNU – Movimento Negro Unificado)
Fotos: MNU
Obs.: O SINSERPU-JF integra o COMPIR através do diretor Social, Raça e Gênero Adenilson Reginaldo “Zé Neguinho” e da diretora de Base Bernadete de Paula.

Outras notícias

19/07/2024
Inscrições do curso preparatório para o concurso do DEMLURB começam na segunda-feira

Começam na próxima segunda-feira (22 de julho) as inscrições do curso preparatório para o concurso do [...]

18/07/2024
SINSERPU-JF antecipa Campanha Salarial 2025 e convida representações da categoria a apresentar as pautas específicas – Documento será apresentado aos cand

De maneira inédita, o SINSERPU-JF vai antecipar as discussões da Campanha Salarial 2025 e, para isso, [...]

18/07/2024
Dirigentes da CONFETAM participam do 10º Encontro Nacional das CISTTÃO

A CONFETAM (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal) – entidade da qual o SINSERPU-JF é [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!