Notícias


Reunião Na Amac 22.4.24
23/04/2024

SINSERPU-JF e AMAC discutem assuntos de interesse dos trabalhadores

Negociação salarial, reequilíbrio nos termos de colaboração da educação e da assistência social e o programa “Gente em Primeiro Lugar”. Esse amplo leque de assuntos foi discutido em uma primeira reunião entre a nova gestão do SINSERPU-JF e a direção da AMAC, nesta segunda-feira (22 de abril). “Sobre o reajuste salarial de todos os cargos das creches e equiparação salarial dos professores, houve avanços nas negociações. A Secretaria de Educação deu sinal positivo para o reequilíbrio financeiro e a direção da AMAC aguarda apenas o depósito do repasse para que possa aplicar o reajuste. Estamos confiantes que o repasse seja realizado ainda esse mês”. Informou a segunda vice-presidente do SINSERPU-JF, Lucilea Pereira. “Quanto aos serviços da Assistência Social, Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Casas de Passagem e Abordagem Social a Secretaria Municipal de Assistência Social informou que só poderá negociar o reequilíbrio após completar os 12 meses de vigência dos termos de colaboração, em julho de 2024, pois no chamamento de julho de 2023 os funcionários foram admitidos com novos salários”, completou a sindicalista – que é funcionária da AMAC. Sobre o programa “Gente em Primeiro lugar”, gerido pela Funalfa, já foi assinado o plano de trabalho (termo de colaboração) e a AMAC está aguardando o repasse do recurso, que deve acontecer no mais tardar em maio.

Lucileia Pereira e a presidenta do SINSERPU-JF, Deise Medeiros, informaram ainda que já foi enviado um ofício à Secretaria da Fazenda solicitando uma reunião em caráter de urgência, para iniciar a negociação dos termos de colaboração dos programas da assistência social, evitando assim possíveis atrasos.

Além das duas, participaram da reunião os diretores do SINSERPU-JF Raphael de Oliveira e Bernadete Reis, além do conselheiro fiscal Luiz Carlos Torres “Kaizim” – e todos “deixaram claro que não pouparão esforços para acompanhar que os repasses sejam realizados dentro dos prazos, a fim de evitar prejuízos aos funcionários”. Pela AMAC estiveram presentes o superintendente Alexandre de Oliveira Andrade, o diretor-presidente Márcio Vargas, a gerente de Recursos Humanos Ângela Souza o consultor jurídico Jailson Pereira.

Outro assunto tratado na reunião foi a forma de pagamento das verbas rescisórias aos funcionários admitidos na AMAC antes da Constituição de 1988 – Isso porque o SINSERPU-JF, através da advogada trabalhista Elisângela Nascimento, ganhou recentemente uma ação coletiva acerca do tema, obrigando o município a quitar essa dívida com os trabalhadores.


Outras notícias

22/06/2024
SINSERPU-JF no segundo dia da Conferência Municipal de Saúde

Neste sábado (22 de junho), segundo dia da 2ª Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e [...]

21/06/2024
SINSERPU-JF participa de Seminário sobre o Estatuto da Igualdade Racial

A presidenta e o vice-presidente do SINSERPU-JF, Deise Medeiros e Weber Wagner, e os dois representantes [...]

21/06/2024
SINSERPU-JF presente na Conferência Municipal de Saúde

O SINSERPU-JF está marcando presença na 2ª Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e Educação em [...]

Nossos Convênios

Confira todos os convênios participantes e aproveite!